Mercado

5 curiosidades sobre os pneus do seu carro

Veja se você conhece mesmo um dos itens mais importantes dos automóveis.

 

Você sabe tudo sobre os pneus do seu carro? Será? Confira abaixo 5 curiosidades sobre eles:

  1. Características na lateral

Um pneu fornece diversa informação na sua lateral. Partimos de um exemplo: 225/55 R17 97W. O 225 refere-se à sua largura em milímetros; o 55 significa que a altura do flanco corresponde a 55% da largura; o R indica que a construção é radial; o 17 informa sobre a altura da jante em polegadas; o 97 é o índice de carga, que, segundo a tabela de correspondências universal, é de 730kg/pneu; e o W é o código que vai indicar, de acordo com outra tabela, a velocidade máxima para conduzir a carga em segurança.

  1. Idade do pneu

A partir de uma inscrição na lateral é possível saber a data de sua fabricação. São quatro algarismos precedidos pela sigla DOT. Os dois primeiros dizem respeito à semana e os outros dois ao ano. Por exemplo, o código 2716 indica que o pneu foi produzido na semana 27 do ano 2016.

Esta data também deve servir como referência para uma eventual substituição dos pneus. Os principais fabricantes recomendam uma inspeção anual após cinco anos de serviço e a sua troca, no máximo, até 10 anos após a data de fabrico.

  1. Pneu aumenta em andamento

A razão é física. Quando o pneu está em movimento, o ar pressiona a parte interna, verificando-se um aumento não perceptível a olho nu. Quanto mais depressa rodar, maior fica o pneu.

  1. Mais de 200 compostos

Um pneu resulta da conjugação de mais de 200 compostos, distribuídos por cinco grandes categorias: borracha natural; borracha sintética; preto de carbono e sílica; filamentos metálicos e têxteis; e produtos químicos. A mistura da borracha do pneu é feita, por sua vez, por cerca de 30 tipos de borracha.

  1. Influência direta no combustível

Os pneus são responsáveis, em média, por entre 20% a 30% do consumo de combustível do carro, sobretudo devido à sua resistência ao rolamento. Por isso é aconselhável controlar a pressão, de forma a evitar valores abaixo dos indicados e, assim, um desgaste e um consumo maiores.

 

Leia também: Anfavea comemora terceiro ano de recuperação do setor

 

Leia também: Novos pneus agrícolas

 

 

Fonte: Primeira Página com informações do site Euromaster.

Redes Sociais