Mercado

Reforma de pneus para um mundo em equilíbrio

 

Atividade é considerada uma grande aliada do meio ambiente, já que garante mais tempo de vida útil para o pneu e economiza o uso de petróleo.

Segundo dados da Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus (ABR), há um volume de 8,8 milhões de pneus reformados circulando pelo País, o que o coloca como o segundo maior mercado no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

A reforma é considerada uma grande aliada do meio ambiente, já que garante mais tempo de vida útil para o pneu e economiza o uso de petróleo, sua matéria-prima.

“Um pneu reformado custa em média 30% do valor de um pneu novo e garante um desempenho igual ou até melhor”, opina Guilherme Rizotto, diretor Comercial da Vipal, empresa referência neste segmento. “Isso acontece porque o volume de carga empregado no processo para a reforma do produto é muito maior do que o colocado num pneu novo”, finaliza.

 

Leia também: Santiago terá a maior frota de ônibus elétricos a bateria fora da China

Leia também: FIA quer que Pirelli produza pneus que durem mais

 

Fonte: Primeira Página, com informações da IstoÉ Dinheiro.

 

Redes Sociais