Notícias


Publicado em:
5
2/2019

Decreto autoriza o parcelamento do recolhimento do ICMS das vendas de Natal

Lojistas que optaram pelo pagamento parcelado recolheram 50% do ICMS referente às vendas de fim de ano em janeiro, e a segunda cota ficou para fevereiro, com dispensa de juros e multas.



Metatags: Negócio, Vendas, Natal, ICMS, FecomercioSP, Governo do Estado de São Paulo.
Divulgação

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) considera benéfico o decreto que autorizou, assim como nos anos anteriores, a Secretaria da Fazenda a recolher em duas parcelas o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) das vendas de dezembro do setor de varejo, com dispensa de multa e juros.

A decisão foi assinada pelo vice-governador Rodrigo Garcia e atende pleito da FecomercioSP, que havia enviado ofício com o pedido. O decreto foi publicado na edição de 22 de janeiro, do Diário Oficial do Estado de São Paulo.

De acordo com a medida, os empresários do comércio varejista puderam pagar 50% do imposto referente às vendas de dezembro, mês do Natal, em janeiro, e a segunda cota de 50% ficou para 20 de fevereiro. O Governo do Estado de São Paulo concedeu o mesmo benefício nos anos de 2013, 2014, 2016 e 2017.

Fonte: Primeira Página com informações da FecomercioSP.


Últimas notícias

O consumo ético da geração “Millennials”

Como atrair o consumidor da nova geração? Especialista salienta os pontos que os empresários devem se atentar.
Leia Mais

Juros do cartão de crédito são os menores em dois anos

Melhora do cenário econômico é um dos fatores responsáveis pela queda.
Leia Mais

Bridgestone fornece equipamento original para caminhões e ônibus da Mercedes-Benz

Produtos representam o compromisso da empresa com a tecnologia e inovação para proporcionar maior desempenho e menor custo por quilômetro rodado.
Leia Mais