Notícias


Publicado em:
10
5/2018

Nitrogênio ou Oxigênio, qual a melhor opção para a calibragem de pneus?

Calibrar com nitrogênio tem custo. Já o calibre com ar é gratuito nos postos de gasolina



Metatags: Calibragem com nitrogênio, calibragem com oxigênio, calibragem de pneus, pneus, pneumático, setor automotivo

Acredita-se que calibrar o pneu com nitrogênio deixa o automóvel duro. No entanto, na realidade, o resultado é o mesmo que calibrar com oxigênio. Todavia, o nitrogênio traz uma série de vantagens, entre elas, não levar umidade para o interior da roda, como acontece com o ar que vem dos calibradores normais. Além disso, os pneus com nitrogênio têm mais estabilidade e evitam a variação de pressão quando sobe a temperatura ao rodar no asfalto. Com o ar comum, a pressão aumenta de acordo com o aquecimento do pneu, por isso, é recomendado a calibragem quando estiverem frios, para não haver distorção.

A desvantagem em utilizar nitrogênio está apenas no preço. Ao contrário da calibragem com ar, que é gratuita, a de nitrogênio tem um custo. Por esse motivo, a utilização do gás é indicada para veículos de competição como Fórmula 1, devido à importância em manter uma pressão constante nos pneus com a finalidade de não influenciar em seu desgaste e estabilidade.

Fonte: Contato Comunicação (Autopapo)


Últimas notícias

A importância dos pneus no desempenho das máquinas agrícolas

O uso de pneus radiais pode economizar até 30% do combustível de equipamentos agrícolas
Leia Mais

Vittoria Air Liner promete menos furos e mais tração em seus pneus

Empresa promete entrar no mercado com um produto revolucionário para as bicicletas
Leia Mais

Continental Pneus lança campanha educativa

“Pare, Pense e Cuide” destacará a gentileza no trânsito por meio de atitudes simples baseadas em cordialidade
Leia Mais